Restos de medicamentos terão novo destino a partir de 2012

Restos de medicamentos terão novo destino a partir de 2012

Direto da mídia0 comments

Gazeta Online

Publicado em 04 de agosto, às 22h40, por Tiago Félix

Descarte dos resíduos de medicamentos terá que ser adequado para não agredir a natureza. Os lixões deverão acabar até 2014.

Os resíduos de medicamentos devem ter um novo rumo a partir de 2012. O Conselho Federal de Farmácia (CFF) tem até outubro para apresentar ao governo Federal o melhor destino de medicamentos vencidos ou sem uso. As novidades foram apresentadas durante o primeiro dia do VII Seminário Nacional e VI Workshop Estadual de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, em Vitória, nesta quinta-feira (04), que reuniu representantes do Estado e especialistas Internacionais.

O assessor técnico do Conselho Federal de Farmácia (CFF), José Luis Miranda Maldonado, explicou que o governo lançou uma lei, que determina como deve ser feito o descarte dos resíduos de medicamentos sem agredir a natureza. Segundo ele, os depósitos, conhecidos popularmente como lixões, vão acabar até 2014. Algumas soluções já estão sendo apresentadas para evitar o acúmulo de sobras de medicamentos em casa. “O modelo que estamos imaginado é criar pontos de recolhimento. Esse ponto de colheita pode ser as farmácias, mas ainda não definimos. Depois os medicamentos serão entregues aos fabricantes para que possam dar um destino adequado ao lixo sem agredir a natureza”.

Durante a palestra, José Luiz Miranda Maldonado explicou, ainda, que o Conselho Federal de Farmácia tem até o dia 12 outubro para apresentar a solução do recolhimento do lixo de medicamento ao governo. Se for aceita pelo Ministério da Saúde, a medida deve se tornar definitiva em todo País. “Então, a partir 2012 com certeza, estaremos em uma nova realidade da destinação final do recolhimento dos medicamentos”.

O VII Seminário Nacional e VI Workshop Estadual de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, em Vitória, tem como  tema principal, “Impactos do Novo Marco Legal e as Novas Tecnologias para a solução de Resíduos”. A realização dos eventos é do Instituto de Desenvolvimento Integrado para Ações Socioambientais (Instituto Ideias), em parceria com o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Espírito Santo (Sebrae-ES).

Ao todo, 15 painéis irão destacar os decretos regulamentadores, resoluções do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010) e a Política Estadual de Resíduos Sólidos (Lei 9.264).

Nesta sexta-feira (05), outros temas serão debatidos sobre as novas soluções tecnológicas para cuidar do lixo, no Hotel Golden Tulip, localizado na avenida Nossa Senhora dos Navegantes, 635, Enseada do Suá, Vitória – ES.



 

Deixe uma resposta