Workshop discute destinação de resíduos sólidos no ES

Workshop discute destinação de resíduos sólidos no ES

Direto da mídia0 comments

Jornal ES Hoje

Publicado em 04 de agosto, às 19h15, Por Diana De Marchi (dmarchi@eshoje.com.br)

Autoridades nacionais e internacionais discutem melhorias e efetivação da PNRS

A implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), lei regulamentada desde dezembro de 2010, foi a principal tema abordado no VII Seminário Nacional e VI Workshop Estadual de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. O evento, que acontece nesta quinta-feira (04) e sexta-feira (05) no Hotel Golden Tulip, na Enseada do Suá, Vitória, tem como objetivo debater melhorias acerca da destinação dos resíduos sólidos.

Neste primeiro dia, o público formado por profissionais do ramo ambiental e estudantes pôde conferir palestras apresentadas por empresários nacionais e internacionais.

Através das discussões, serão expostas soluções para a questão dos resíduos e apresentadas novas metodologias e formas de aperfeiçoamento das técnicas capixabas. No total, serão 15 painéis que vão destacar decretos regulamentadores, resoluções do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) e a Política Nacional de Resíduos Sólidos, a fim de alinhar as ações praticadas no país.

Conforme explicou o diretor presidente do GO Associados, Gesner Oliveira, a solução para o lixo atualmente depende do trabalho com parceria público-privado. Além disso, ele afirmou que é preciso trabalhar uma solução de longo prazo para se ter resultado.

Segundo a analista do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Espírito Santo (Sebrae-ES) Celia Perin, o diferencial do Espírito Santo em relação aos outros Estados é que somos pioneiros no trabalho em resíduos sólidos. “O diferencial é que trabalhamos de forma integrada entre municípios e governo”, disse.

De acordo com a presidente do Instituto Ideias, Tereza Romero, o Espírito Santo é referência no cenário nacional em gestão de resíduos sólidos. “Já temos instituídas várias ações que nos colocam em destaque com relação a outros estados, como o Comitê Gestor de Resíduos Sólidos, o Programa Capixaba de Materiais Reaproveitáveis, além da própria Política Estadual de Resíduos Sólidos”, afirma.

Ela acrescenta que o principal objetivo das ações capixabas é transformar os problemas relacionados ao manejo inadequado dos resíduos em oportunidades de negócios a partir do reaproveitamento, da reciclagem e da redução dos detritos gerados por atividades produtivas. “Para isso, estruturamos o comitê gestor, composto hoje por 72 representantes de instituições públicas e privadas e também criamos uma rede de discussão que atualmente possui cerca de 400 participantes, a Rede Capixaba de Resíduos Sólidos”, conclui.

Os interessados em participar devem efetuar sua inscrição através do endereço eletrônico: www.institutoideias.com.br/seminario2011. Para os profissionais que se interessarem o valor a ser pago pela inscrição é de R$ 30,00 e os estudantes R$ 15,00. O evento acontece das 8h30 às 18h.

Deixe uma resposta