Caminhão do Boa Energia nas Escolas inaugura realidade virtual

Direto do IDEIAS0 comentários

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, iniciou mais um ciclo do programa Boa Energia nas Escolas. A carreta itinerante foi totalmente reformada e conta agora com uma novidade: a realidade virtual.

A meta é capacitar 800 educadores e beneficiar mais de 64 mil alunos no ciclo 2018/2019. O programa tem como objetivo principal disseminar informações sobre a utilização segura e eficiente da energia elétrica nas instituições de ensino da rede pública municipal e estadual. Ao todo 160 escolas em 20 municípios do Estado serão contempladas.

Focado no incentivo à sustentabilidade e preservação do meio ambiente junto à comunidade escolar, o Boa Energia nas Escolas trabalha a partir da capacitação de educadores, com cartilhas e materiais para o trabalho em sala de aula e por meio de um caminhão itinerante, em que os alunos têm contato prático e presencial com os temas estudados na sala de aula.

Boa Energia nas Escolas acontece em parceria com a Agência de Serviços Públicos de Energia do Espírito Santo (ASPE), Secretaria Estadual de Educação (SEDU) e prefeituras municipais.

 

 

 

Boa Energia nas Escolas beneficiou mais de 41 mil alunos em 2017

Direto do IDEIAS0 comentários

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, capacitou 511 educadores e beneficiou mais de 41 mil alunos no ano de 2017. As ações fizeram parte do programa Boa Energia nas Escolas, que tem como objetivo principal disseminar informações sobre a utilização segura e eficiente da energia elétrica nas instituições de ensino da rede pública municipal e estadual. Ao todo 118 escolas em 10 municípios do Estado, foram contempladas com o programa no último ano.

Focado no incentivo à sustentabilidade e preservação do meio ambiente junto à comunidade escolar, o Boa Energia nas Escolas trabalha a partir da capacitação de educadores, com cartilhas e materiais para o trabalho em sala de aula e por meio de um caminhão itinerante, em que os alunos têm contato prático e presencial com os temas estudados na sala de aula.

O Boa Energia nas Escolas acontece em parceria com a Agência de Serviços Públicos de Energia do Espírito Santo (ASPE), Secretaria Estadual de Educação (SEDU) e prefeituras municipais.

 

“Ligado nas Escolas” se consolida como o Programa Educacional do Grupo Creluz

Direto da mídia0 comentários

Em conjunto com as Escolas e com o apoio dos Municípios e da 20ª Coordenadoria Regional de Educação, o Grupo Creluz promoveu neste ano de 2017 mais uma edição do Programa Ligado nas Escolas, com o objetivo de estimular o consumo consciente de energia elétrica, trabalhando também a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade. Neste ano, o Programa foi ampliado chegando a quinze municípios, mais de sete mil alunos e envolvendo 110 educadores, abrangendo toda a área de atuação do Grupo Creluz.

Na manhã da última quinta 07, aconteceu o encerramento das atividades do Programa no ano de 2017 com a premiação das escolas vencedora do concurso a “Minha Energia”. A vencedora foi a Escola Estadual Lucila Nogueira de Boa Vista das Missões, em segundo lugar, Escola Carlos Noetzold de Alpestre, em terceiro, Escola Eugênio Korsak de Lajeado do Bugre, em quarto, Escola Carlos Becker de Alpestre, em quinto lugar, Escola Caramuru de Lajeado do Bugre e em sexto Escola Monsenhor Vitor Batistella de Frederico Westphalen.

O presidente do Grupo Creluz, professor Elemar Battisti, esteve presente no evento de encerramento e destacou que o Programa Ligado Nas Escolas é de grande relevância e vem complementar a gama de programas sociais que a Cooperativa já desenvolvia. Neste ano uma das grandes inovações foi a apresentação de peças teatrais em todos os municípios, no total foram mais de 20 apresentações, proporcionando também o acesso da comunidade escolar ao mundo das artes cênicas, algo raro para a nossa região.

Em 2018 o programa deverá ter continuidade e mais uma vez estará movimentando os educandários e mexendo com a imaginação dos estudantes.

Fonte: Edevaldo Stacke/Assessoria de Comunicação Grupo Creluz

Sinal analógico de TV é desligado na Grande Vitória

Direto do IDEIAS0 comentários


No dia 25 de outubro de 2017, às 23h59, o sinal analógico de TV foi desligado na Grande Vitória. Isso significa que os municípios de Vitória, Vila Velha, Cariacica, Serra, Viana, Guarapari e Fundão passaram a receber somente o sinal Digital.

O Programa Seja Digital tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

Ao enfrentar o desafio de preparar a população brasileira para migrar para o sinal digital, a Seja Digital percebeu que mais do que um projeto de mudança tecnológica, este é de fato um projeto de inclusão social, ao levar uma TV de melhor qualidade e com muito mais recursos para a casa de todos os cidadãos. Além disso, esse processo viabilizará uma política pública de expansão da banda larga no país, trazendo benefícios para os usuários dessa tecnologia, cada vez mais importante na vida de todos.

O Instituto IDEIAS, empresa que integra o Grupo IDEIAS, foi responsável pela contratação dos profissionais que realizaram o atendimento, orientação e agendamento da população nos Pontos de Aconselhamento (PDAs), instalados nos CRAS e demais equipamentos públicos, para garantir à população a retirada dos kits gratuitos. Além do fornecimento de mão de obra, o contrato também contemplou ações de mobilização comunitária, comunicação social, logística e implantação dos Pontos de Aconselhamento, mutirões de instalação de kits, dentro outros.

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não-governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil, criada por determinação da Anatel.

 

Projeto Ligado nas Escolas tem continuidade em 2017

Direto da mídia0 comentários

Professores, secretários municipais de educação, diretores de escolas, engenheiros, técnicos da Creluz e representantes do Grupo Ideias, participaram na manhã da terça 23, da abertura oficial do Projeto Ligado nas Escolas edição de 2017. O evento aconteceu no CTG da Fundaluz em Pinhal.

uma vez será reeditada a parceria com o Grupo Ideias para a realização do Projeto, porém neste a iniciativa será custeada com recursos da própria Cooperativa através do Fundo de Assistência Técnica Educacional e Social, chamado Fundo Fates, sem a participação da Aneel ou do Governo Federal.

Além de ser mantido pela direção do Grupo Creluz, o Projeto foi ampliado e em 2017 incluirá 15 municípios com a participação de 51 escolas. “Ainda no final de 2016 já havíamos decidido em conjunto com nossos conselhos dar continuidade a este projeto devido à grande aprovação junto à comunidade escolar”, salienta o presidente do Grupo Creluz, Elemar Battisti.

Logo na abertura oficial das atividades vários professores manifestaram seu apoio e satisfação com a continuidade da iniciativa. Salí de Fátima Fortes, assessora pedagógica da 20ª Coordenadoria Regional de Educação, lembra que o maior ganho que o Projeto proporciona é social e educacional, sobretudo de conscientização sobre o uso eficiente da energia. Edília Raimundi Zanatta, secretária de educação de Alpestre, saúda com entusiasmo o fato de o Município estar recebendo pela primeira vez o “Ligado nas Escolas” e acredita que a iniciativa será muito benéfica para os educandários e as famílias.

Segundo a engenheira eletricista do Grupo Creluz, Patrícia Lídia Savoldi, o Projeto “Ligado nas Escolas” tem por objetivo, capacitar os educadores das escolas municipais e estaduais em agentes multiplicadores dos conceitos de uso eficiente e seguro da energia elétrica, bem como outros conceitos ligados à temática ambiental, por meio das atividades previstas na metodologia PROCEL Educação e de atividades complementares.

“A iniciativa visa também estimular a realização de ações pedagógicas que envolvam professores e alunos, bem como suas famílias e as comunidades do entorno, com a disseminação de informações sobre o uso racional da eletricidade, visando à redução do desperdício de energia elétrica em suas residências e sustentabilidade do meio ambiente”, destaca Patrícia.

Fonte: Edevaldo Stacke/Ascom Creluz

Página 1 de 3812345102030...Última »